-->

terça-feira, 23 de julho de 2013

festival de quadrilhas da cidade e região. O evento aconteceu na Praça da Saúde.
































Dentro das comemorações dos 54 anos de emancipação política de Araçagi, aconteceu na tarde desta segunda-feira (22), a final da Copa Marmaraú FM, que foi realizado pelo 2º ano consecutivo. A partida ocorreu no estádio municipal Benjamin Rosas e contou com um público recorde.

Antes da partida oficial, ocorrera uma preliminar, envolvendo Força Jovem e Santa Lúcia, ambos times do assentamento Santa Lúcia.

A partida oficial, teve início por volta das 15hs e envolveu Tainha Principal e Palmeiras da Agrovila Mulunguzinho. O jogo foi bastante acirrado, terminando o primeiro tempo em 0 X 0. O gol que definiu o ganhador do campeonato só veio nos 38 minutos do 2º tempo, numa cobrança de falta. O mesmo foi feito pelo lateral direito Del do Tainha principal que garantiu a vitória.

Final:  Tainha principal 1 X 0 Palmeiras de Mulunguzinho.

A copa Maramaraú FM é uma realização da equipe de esportes da rádio comunitária Marmaraú FM e contou com o apoio de diversas autoridades politicas do município. A partida foi transmitida pela Marmaraú.

O ganhador do campeonato, Tainha principal, levou uma premiação no valor de R$ 700,00, acompanhado de troféu e medalhas aos jogadores. Já o segundo colocado, Palmeiras de Mulunguzinho, levou uma premiação no valor de R$350,00 e troféu. O melhor jogador da partida, Diego do time da Tainha ganhou uma premiação: 2 pares de chuteiras.

Ramon Schnayder anima público na festa dos 54 anos de Emancipação Política de Araçagi




Durante a noite das festividades em comemoração aos 54 anos de emancipação política de Araçagi aconteceram shows na praça de eventos da cidade, logo de início o cantor araçagiense, Valdemir dos Teclados começou sua apresentação contagiando o público presente no evento, em seguida foi a vez do show do Forró Nadela, banda que tem como voz feminina  a também araçagiense Libia Leaby. 

Já por volta das 02:00h a animação ficou por conta do cantor Ramon Schnayder, ele que juntamente com sua banda souberam fazer com que todo o público se animasse e dançasse ao som de muito axé. Com uma apresentação irreverente e cheia de interação com os que estavam assistindo o show, o cantor de João Pessoa encerrou com chave de ouro a Festa dos 54 anos de Emancipação Política de Araçagi.

O prefeito Didi Braz e o vice-prefeito Melqui estiveram presentes no evento, eles estavam muito orgulhosos e parabenizaram a população araçagiense e os visitantes que comparecem a festa de aniversário do município. Outras autoridades políticas também participaram da festa, a exemplo do deputado federal Efraim Filho (DEM), o deputado estadual João Gonçalves (PEN), o prefeito de Cuitegi Guilherme Madruga (PSB) e o prefeito de Itapororoca Celso Morais (DEM).

Da redação com PortalAraçagi

Abertura Da JMJ Reúne 400 Mil Fiéis Em Copacabana Para Missa E Shows


No dia do início oficial da Jornada Mundial da Juventude, 400 mil pessoas se reuniram na Cerimônia de Acolhida, em Copacabana, no Rio, de acordo com a Polícia Militar. O evento começou por volta das 16h desta terça-feira (23), com clipe da Jornada e saudação dos apresentadores. A missa teve início às 19h30, logo após a cruz peregrina e uma imagem de Nossa Senhora terem sido levadas ao altar. "Celebro por todos aqueles que acreditam que um mundo novo é possível", disse Dom Orani, arcebispo do Rio. A abertura foi inspirada no tema "Vinde e sigamos o mestre" e a celebração acabou por volta das 21h20.

Além da multidão concentrada em frente ao palco, diversos grupos assistiram à programação em frente aos mais de 30 telões. Alguns dançaram e outros permaneceram sentados em cangas espalhadas pela areia de Copacabana. Ainda sem fazer comparações com eventos anteriores, a organização da JMJ afirmou que recebeu 375 mil inscritos, dos quais 220 mil brasileiros. Os números estão dentro das expectativas, de acordo com a irmã Shaiane Machado, diretora de inscrições.

A terça-feira de Jornada também foi marcada por pane no metrô do Rio. As linhas 1 e 2 ficaram paradas por mais de duas horas no fim da tarde e início desta noite. Muitos fiéis que iam em direção à cerimônia de abertura da JMJ foram prejudicados. O serviço foi paralisado às 16h30 com o rompimento de um cabo de energia na altura da estação da Uruguaiana, no Centro. A circulação foi inicialmente paralisada entre Central (Centro) e Catete (Zona Sul) e, mais tarde, às 17h30, todas as estações foram fechadas para embarque. Houve princípio de tumulto na estação Botafogo e a PM chegou a ser acionada.

G1

Familiares de turista morta por ataque de tubarão no Recife vão processar o estado



Familiares de Bruna Gobbi, de 18 anos, morta no final da noite dessa segunda-feira (22) após um ataque de tubarão na praia de Boa Viagem, Zona Sul do Recife, já adiantaram que vão acionar a justiça contra o estado. Na manhã desta terça (23), três tios da vítima, que estavam no Instituto de Medicina Legal (IML), em Santo Amaro, disseram que vão se informar sobre as medidas cabíveis e entrar com uma medida judicial pela morte da jovem. Na manhã desta terça, o corpo da vítima passou por uma perícia tanatoscópica, mas a liberação do cadáver só será feita nesta quarta. A decisão foi tomada para aguardar a chegada do pai da turista que está em São Paulo. O sepultamento será realizado no município de Escada, na Mata Sul de Pernambuco, terra natal da avó materna de Bruna Gobbi. A jovem morava em Embu-Guaçu, no interior de São Paulo, e passava férias no Recife acompanhada pela mãe, que está na casa de parentes. Bruna Gobbi. foi a 24ª pessoa morta por ataque de tubarão em Pernambuco desde 1992. A paulista tomava banho de mar acompanhada de uma prima, por volta das 13h00, quando o animal a atacou. Ela foi resgatada e levada à UPA da Imbiribeira, onde recebeu os primeiros socorros, e depois ao Hospital da Restauração. No HR, chegou a ter parte da perna esquerda amputada em uma cirurgia, mas não resistiu e morreu por volta das 23h50, segundo a assessoria do hospital. Perto do local do acidente, placas sinalizavam para a proibição do banho de mar por conta do risco de ataques de tubarão. Um ambulante local também disse ter presenciado o momento em que as duas jovens foram alertadas por um bombeiro para não entrarem no mar. 
Despedida
No Recife, Bruna estava realizando um desejo antigo: ver o mar. Feliz, em um dos passeios feitos com os familiares à praia de Boa Viagem, ela escreveu na areia uma mensagem para o namorado. 
Com informações da repórter Carolina Braga 
Fotos: Arquivo pessoal

Fonte: Diário de Pernambuco

CULTURA NORDESTINA EM LUTO: MÚSICO DOMINGUINHOS MORRE AOS 72 ANOS

Dominguinhos morre aos 72 anos em hospital de São Paulo. Músico lutava havia seis anos contra um câncer de pulmão. Ele havia sido transferido para a capital paulista em 13 de janeiro. 

O músico Dominguinhos morreu nesta terça-feira (23), aos 72 anos, no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Ele lutava havia seis anos contra um câncer de pulmão. De acordo com o hospital, o músico morreu às 18h em decorrência de complicações infecciosas e cardíacas.

Ao longo do tratamento, ele desenvolveu insuficiência ventricular, arritmia cardíaca e diabetes. Dominguinhos foi transferido para a capital paulista em 13 de janeiro. Antes, esteve internado por um mês em um hospital no Recife. A filha do músico, Liv Moraes, confirmou nesta segunda-feira (22) que o cantor havia voltado para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) porque o estado de saúde dele tinha piorado.

Considerado o sanfoneiro mais importante do país e herdeiro artístico de Luiz Gonzaga (1912-1989), José Domingos de Morais nasceu em Garanhuns, no agreste de Pernambuco. Conheceu Luiz Gonzaga com 8 anos. Aos 13 anos, morando no Rio, ganhou a primeira sanfona do Rei do Baião, que três anos mais tarde o consagrou como herdeiro artístico.

Instrumentista, cantor e compositor, Dominguinhos ganhou em 2002 o Grammy Latino com o “CD Chegando de Mansinho”. Ao longo da carreira, fez parcerias de sucesso com músicos como Gilberto Gil, Chico Buarque, Anastácia e Djavan.

Ainda criança, Dominguinhos tocava triângulo com seus irmãos no trio “Os três pinguins”. Quando ele tinha 8 anos, foi “descoberto” por Gonzagão ao participar de um show em Garanhuns. A “benção” lhe foi dada pelo rei do baião quanto tinha 16 anos.

“Gonzaga estava divulgando para a imprensa o disco 'Forró no Escuro' quando ele me apresentou como seu herdeiro artístico aos repórteres”, lembrou-se Dominguinhos em entrevista ao G1 no fim de 2012. “Foi uma surpresa muito grande, não esperava mesmo.”

De acordo com ele, o episódio aconteceu somente três anos depois de sua chegada ao Rio, acompanhado do pai, o também sanfoneiro Chicão. Mudaram-se para a cidade justamente para encontrar Luiz Gonzaga. “Em cinco minutos, ele me deu uma sanfona novinha, sem eu pedir nada”, prosseguiu. Naquele período, Dominguinhos saiu em turnê com o mestre para cumprir a função de segundo sanfoneiro e, eventualmente, de motorista.

Centenário de Gonzagão
No fim de 2012, Dominguinhos se dedicou ativamente às celebrações dos cem anos do nascimento de Luiz Gonzaga. Durante um show no dia centenário, 13 de dezembro, realizado na terra natal do músico, Exu (PE), Gilberto Gil comentou: “Dominguinhos teve a herança do Gonzaga, que ele incorporou, através das canções, dos estilos, o gosto pelo xote, xaxado”. 

Para Gil, no entanto, Dominguinhos soube trilhar um caminho próprio. “Dominguinhos foi além, em uma direção que Gonzaga não pôde, não teve tempo. Ele foi na direção do início de Gonzaga, o instrumentista, da época das boates do Mangue, no Rio de Janeiro, quando ele tocava tango, choro, polca, foxtrot, tocava tudo, repertório internacional, tudo na sanfona. ”



Do G1 São Paulo

8ª Cavalgada de Araçagi acontece neste domingo (21)

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Petrobrás ameaça retirar tanques de Cabedelo, para reduzir custos de logística








Uma revisão nos custos de logística pela Petrobrás pode concentrar os estoques de combustíveis da região Nordeste (com exceção da Bahia e do Maranhão) no porto de Suape, em Pernambuco. O presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis e Derivados de Petróleo (Sindipetro-PB), Omar Hamad Filho, alertou para a necessidade da mobilização da classe política para não permitir que essa estratégia da estatal seja levada à diante.
De acordo com o Sindipetro, a Paraíba teve redução de 50% na recepção e distribuição de combustíveis pelo Porto de Cabedelo. O presidente da Companhia Docas, empresa que administra o Porto de Cabedelo, Wilbor Jácome, disse que a única informação oficial recebida é de que 70% da produção do diesel S10 será feita na Refinaria Abreu e Lima (PE), a partir de 2014.

Uma nota oficial da Petrobrás publicada na imprensa pernambucana diz que “a configuração da refinaria não será alterada. Iniciará as operações em novembro de 2014 voltada para o Diesel S-10, que corresponderá a 70% da produção”.
Em entrevista à uma emissora de rádio em Patos, neste sábado (20), o governador Ricardo Coutinho disse que não foi informado oficialmente sobre qualquer mudança de funcionamento do Porto de Cabedelo. Segundo ele, se isso acontecer "a Paraíba reagirá com um levante". O governador afirmou que vai "tomar as devidas providências" sobre o assunto a partir desta semana.
Ele falou que o prejuízo, com eventuais mudanças de tancagem para o porto de Suape, em Pernambuco, seria de até R$ 300 milhões para o estado da Paraíba. O governador, em outro trecho, admitiu que os estudos da Petrobrás existem e considerou que "trata-se de um erro estratégico" concentrar o entreposto em Suape e prejudicar também os estados do Rio Grande do Norte, Sergipe e Alagoas.
A Petrobrás esclareceu ainda que não estuda a produção de gasolina no Complexo de Suape. Contudo, não informa se toda a distribuição de combustíveis para a maioria dos estados do Nordeste, incluindo a Paraíba, será definitivamente transferida para o entreposto pernambucano.
O presidente do Sindipetro-PB afirma que os novos veículos produzidos no país que funcionam com diesel S10 não encontram esse combustível na Paraíba. Assim como foi publicado na nota da Petrobrás, Hamad explicou que as novas refinarias anunciadas pela estatal vão produzir uma quantidade maior de diesel, mas a empresa não deu detalhes sobre a situação dos derivados que são muito consumidos e permanecem mais escassos no mercado.
Wilbur Jácome defendeu que o Porto de Cabedelo tem potencial e estrutura para embarque e desembarque de, no mínimo, 35 mil toneladas de carga. Porém, o que Hamad já afirmou não tem relação com a capacidade do porto paraibano. Ele revelou que o Estado está sofrendo redução no abastecimento de combustíveis devido a um corte de gastos priorizado pela Petrobrás.
A revisão dos custos de logística anunciada pela Petrobrás surgiu diante da falta do dinheiro venezuelano, através da parceria com a Petróleos da Venezuela (PDVSA), para a conclusão da refinaria em Pernambuco. Pelo acordo firmado, o Brasil assumiria 60% dos gastos, e a Venezuela, os 40% restantes. As obras já estão 75% concluídas. A estatal brasileira arca com os custos e até dezembro de 2012, já havia injetado R$ 11,6 bilhões.
Como medida de contenção de gastos diante da crise que atravessa, o abastecimento foi reduzido de quatro para duas vezes ao mês na Paraíba. Há pelo menos 20 dias, a crise no abastecimento de gasolina afeta o mercado nordestino.
Ricardo Coutinho disse que já levou, por mais de uma vez, a necessidade de investimentos no Porto de Cabedelo ao ministro dos Portos, Leônidas Cristino. Segundo o governador, seriam necessários de R$ 250 milhões para que o entreposto da Grande João Pessoa aumentasse a capacidade de recepção de carga, inclusive de navios da Petrobrás.

POLICIAIS DE TODO O BRASIL ESTÃO REVOLTADOS COM O QUE OS BANDIDOS FIZERAM COM ESSES DOIS POLICIAIS






Policiais Militares de todo o Brasil estão indignados com o assassinato de dois PMs em Juazeiro, na Bahia. A barbaridade com que o crime aconteceu chocou todo o estado baiano. Dois policiais baianos foram levados por bandidos, membros de gangues, para um local distante das residências, onde tiveram mãos e pés amarrados em uma estaca de madeira, junto a uma cerca, e então, foram executados a tiros na cabeça. 
Os corpos foram encontrados em uma cena lastimável. As fotos da cena do crime estão sendo usadas em protesto por policiais militares de todo o Brasil, visando chamar a atenção das autoridades governamentais para o risco que corre o profissional da Segurança Pública. O crime aconteceu em dezembro de 2011, mas somente agora é que a notícia está ganhando repercussão nacional, através das redes sociais. O clima é de revolta entre as tropas de todo o Brasil.

Fotos dos PM's mortos, a tiros por traficantes de Juazeiro, policiais da turma de 1997, formados em Juazeiro.

É difícil olharmos cenas como estas e ouvir pessoas dizendo que policiais ganham bem pelo que fazem, arriscando todos os dias o maior valor que todos os seres humanos possuem, a vida.



Via Portal A Desgraça / Via Facebook

Parabéns Araçagi: “Parabéns pra você, eu só vim pra comer, o presente que é bom, esqueci de trazer”






Emancipação significa o ato de tornar livre ou independente


De início, venho parabenizar a cidade de Araçagi e a todos que nesta residem, um povo gentilicamente conhecido por araçagiense ou araçagiano.

São inegáveis as melhorias ocorridas ao longo desses 54 anos, mas é necessário que seja observado a falta de compromisso por parte dos governantes, fazendo com que o povo de Araçagi fique cada vez mais desapontado, sentindo-se sem opções, resultado da forma como os governantes conduziram e conduzem a máquina administrativa, ficando óbvio que com um pouco mais de carinho, responsabilidade, planejamento e organização, muito mais poderia e pode ser feito.

A data da emancipação política aproxima-se (22 de Julho). Araçagi e seus louváveis 54 anos. Hoje em dia, se não fosse a Cavalgada lembrando-me do dia seguinte (22), talvez eu até cometesse a indelicadeza de esquecer-me de parabenizar esta senhora, já tão cansada e sofredora. Coitada! Usurpada das mais variadas formas possíveis, seja por estranhos, pelos que se dizem filhos ou por admiradores, homens e mulheres que abusaram e abusam de sua boa vontade, do coração de mãe.

Assim como diz Gabriel o Pensador: "Tem muitos comendo no prato que cuspiu, pra depois cuspir no prato que comeu".

Peço encarecidamente para que vocês (leitores) reflitam, repensem, analisem os pontos positivos e negativos, em avanços e retrocessos a cada aniversário deste município (Araçagi). Não nos deixemos levar pelas festas, diga-se de passagem, na maioria das vezes generosamente falando, medíocres e desrespeitosas com pessoas que aguardam de forma ansiosa por tal comemoração, um pouco de entretenimento, seja nesta ou em administrações anteriores.

Os problemas não são de única e exclusiva culpa da atual administração, mas, de todos que ocuparam o cargo de gestor e cadeiras na câmara municipal do município durante esses longos e muitas vezes dolorosos 54 anos, sendo que todos incondicionalmente têm sua parcela de culpa, inclusive, muitas pessoas da própria sociedade, que fazendo uso da maldita “politicagem”, não cooperam para que o município progrida, para que a partir dos problemas, que é normal em qualquer administração, ele venha a classificar o candidato no qual ele votou, como melhor do que o atual.

Daqui a alguns anos ocorrerá mais uma eleição municipal, e ao ver e ouvir todas as felicitações feitas por parte de alguns cidadãos em face do 54º aniversário de Araçagi, percebo como seria ótimo e necessário para o bem do povo araçagiense, se além de apenas “parabéns”, todos dessem mais atenção aos problemas de nossa cidade e a imensa Zona rural, cidadãos esses muitas vezes abandonados, sendo acolhidos por municípios que fazem divisa com o nosso.

Ao ver e ouvir tantas declarações de amor a Araçagi e ao seu povo, tantas aclamações, seguidas das recorrentes afirmações de “sou filho de Araçagi”, seguido de abraços falsos e sorrisos amarelos, venho pessoalmente a classificar este amor, de “amor vagalume”, pelo fato deste brilho oscilar com tanta frequência, chegando sua luz a ficar mais intensa quando se aproxima o pleito municipal.

A intenção não é de denegrir a imagem de quem quer que seja, nem muito menos de me intitular o senhor da verdade absoluta, até porque, já fiz parte deste circo, mas não como plateia, sim palhaço. Exponho minha opinião tentando levar o leitor a ter um olhar mais crítico sobre o nosso município, de olhar o que foi feito e o que poderia ter sido feito durante todos esses anos, sem retirar o mérito nem a dignidade de quem trouxe benfeitorias, avanços, enfim... melhoras para um povo historicamente prostituído por seus governantes.


Por Carlos Silva – Direto da Terra do Nunca

54 anos de emancipação politica de Araçagi; confira a programação

Segunda (22/07)

A diversão começa logo cedo com a mini-maratona que sairá do assentamento Santa Lucia e que premiará os três primeiros que chegarem a cidade, logo em seguida no ginásio "O Monteirão" acontecerá um torneio de futsal masculino e a noite para fechar os festejos do município os shows de encerramento da comemoração de 54 anos de emancipação politica de Araçagi fica por conta de Ramon Schnayder e Forró Nadela.


Venha, vamos comemorar os 54 anos de nossa cidade com alegria, 
respeito e acima de tudo responsabilidade.

8ª Cavalgada de Araçagi acontece neste domingo (21)

Histórico
A Cavalgada de Araçagi, surgiu em 2006, sendo realizada através da organização do Pe. Gaspar e amigos. Em 2008, foi criado o Clube dos Cavaleiros e Amazonas com o objetivo de fortalecer ainda mais esta ideia. A festa já é considerada como a maior da Paraíba e está inserida no calendário de eventos do Estado. O evento acontece sempre no 3º domingo de Julho dentro da programação de emancipação politica da cidade.  (FOTOS